O Que é Marketing de Conteúdo?

Você acabou de ouvir alguém mencionar “marketing de conteúdo” e você não faz ideia do que seja isso? Parabéns, este post é para você.

O Content Marketing Institute define assim:

Marketing de conteúdo é uma técnica de criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e adquirir um público bem definido de marketing – com o objetivo de levar o cliente em potencial a ação.

A palavra chave aqui é valioso. É o que muda a partir desta definição que poderia descrever praticamente qualquer forma de publicidade ou marketing. Você pode dizer se uma parte do conteúdo é do tipo que poderia ser parte de uma campanha de marketing de conteúdo se as pessoas que o descobrem querem consumir, ao invés de evitá-lo. O objetivo é fornecer o máximo de valor de seu marketing de conteúdo para o máximo de seu público possível. Apesar desta definição e explicação, provavelmente você ainda está se perguntando o que o marketing exatamente.

Existem muitos tipos de marketing de conteúdo. Aqui está apenas uma introdução ao marketing de conteúdo para que você possa começar a pensar como um profissional do conteúdo, de modo que você vai passar a perceber as oportunidades ao seu redor.

Alguns exemplos:

  • Infográficos
  • Webpages
  • Blogs
  • Podcasts
  • Ebooks
  • Newsletters

Marketing de Conteúdo

Por Que Marketing de Conteúdo?

Talvez mais importante do que entender o que é marketing de conteúdo, seja entender por que o marketing de conteúdo é importante para o seu negócio. Primeiro, precisamos entender as quatro etapas do ciclo de compra:

Consciência (Atenção)

Muitas vezes os clientes têm uma necessidade, mas eles não estão cientes de que há uma solução.

Research (Interesse)

Uma vez que um cliente está ciente de que existe uma solução, eles vão realizar pesquisas para se informarem.

Consideração (Desejo)

Neste ponto, o cliente começa a comparar produtos diferentes a partir de diferentes fornecedores para ter certeza de que eles estão recebendo um produto de alta qualidade a um preço justo.

Comprar (Ação)

Finalmente, o cliente toma a sua decisão e avança com a compra.

A propaganda e o marketing tradicional são grandes quando se trata dos dois últimos passos. O Marketing de conteúdo é perfeito para as duas primeiras fases do processo de compra através da informação sobre soluções, de forma que educa os consumidores sobre um produto que eles podem nunca ter considerado antes.

Como Faço Para Começar?

Existem muitas empresas que oferecem serviços de marketing de conteúdo. Se você é simplesmente ocupado demais para fazê-lo sozinho e não está pronto para gerenciá-lo em casa, considerar a contratação de uma empresa pode ser a sua melhor opção. Mas se você quiser fazer o seu próprio conteúdo de marketing, a maneira mais fácil é para começar um blog. Ele provavelmente vai ser difícil no começo, mas quanto mais você fizer isso, melhor ficará.

O Segredo do Marketing de Conteúdo

Adicionar valor. Esse é o segredo. O que não é exatamente um segredo. Se você não tem certeza de como você pode agregar valor através do marketing de conteúdo, pergunte a seus clientes existentes que tipo de conteúdo que você pode produzir que seria útil para eles agora, ou teria sido útil para eles, quando eles estavam procurando por seu produto ou serviço. Eles vão te dizer.

Via Forbes

4 Coisas a Serem Consideradas ao Planejar 2015

Mais um ano está chegando ao fim, as empresas estão começando a planejar o próximo ano. Então, seguem aqui algumas dicas para seu planejamento.

Por Que Planejar?

  • Economiza tempo.
  • Deixa tempo livre para outras tarefas.
  • Pode incluir outras pessoas nos objetivos.
  • Evita grandes erros.
  • Mantém você organizado e focado nos objetivos do seu negócio.

Planejar 2015

4 coisas que você deve considerar em suas estratégias de marketing sempre que você olhar para um novo ano.

1) Analise o seu conteúdo. O que funcionou e o que não deu certo?

É importante olhar para o conteúdo publicado ao longo dos 9 meses e avaliar o que funcionou e o que não funcionou.

  • O que chamou a atenção dos seus leitores?
  • O conteúdo foi compartilhado / curtido?
  • Que horas seu público está online?
  • Que dia teve mais engajamento?
  • Que tipo de conteúdo foi o mais bem sucedido?

Se você não analisou esses dados ainda, agora é a hora de fazê-lo. Analisar o seu conteúdo vai ajudar a identificar mudanças que você precisa fazer em sua estratégia de marketing de conteúdo para 2015. Você pode, ainda, identificar o conteúdo a partir de 2014 que pode ser reciclado e reutilizado no ano novo.

2) Identifique seus objetivos: um ano novo pede novas metas!

Todas as empresas têm dois objetivos em comum: gerar receita e ter sucesso. Seus objetivos de comunicação para 2014 podem ter sido desenvolver sua página do Facebook, aumentar o engajamento, ou aprender a se envolver com o seu público. Com a chegada de um novo ano, vamos aumentar esses objetivos por camadas sobre uma nova estratégia. Exemplos:

  • Você já desenvolveu uma plataforma de mídia social em 2014, tente agora estudar outras plataformas.
  • Você começou a aumentar seus seguidores 2014, defina uma nova meta de aumentar o seu engajamento e relacionamento com esses seguidores.
  • Em 2014 você postou todos os dias nas redes sociais, agora é hora de aumentar as suas postagens para 2 ou 3 vezes por dia em 2015.

Marketing de conteúdo é uma tendência importante e sua empresa precisa para estar online. As mídias sociais já foram uma opção, mas agora são uma necessidade.

3) Plano: Quem, o quê, quando, onde, por quê?

Agora que você já analisou o conteúdo que você publicou nos últimos nove meses e já identificou novas metas para o seu negócio no ano novo, é hora de iniciar o processo de planejamento. Pergunte a si mesmo:

  • Quem é o meu público-alvo?
  • Onde posso me envolver com o meu público-alvo?
  • Em quais as plataformas que eu preciso estar?
  • Quantas vezes eu preciso postar?
  • Que tipo de conteúdo que eu vou publicar?
  • Quem vai criar e publicar o conteúdo?
  • Quem vai gerenciar nossas comunidades?

É importante notar que o que você planeja pode ser alterado conforme a necessidade. As coisas acontecem além do nosso controle e temos de nos adaptar a essas mudanças. Podemos interpretar mal o momento oportuno para postar e precisamos ajustar o que temos planejado. Um grande evento dentro da nossa indústria pode acontecer e devemos estar antenados, tendo que adiar assim algum conteúdo que já estava planejado. As circunstâncias são ilimitadas. Esteja disposto a ser flexível!

4) Implemente o seu plano: e … ação!

Você fez todo o trabalho de análise, definição de metas e planejou, mas agora é hora de colocar seu plano em ação. Você identificou quem estará no comando de suas comunidades on-line, você sabe o conteúdo a ser publicado e quantas vezes, e você sabe em quais plataformas você precisa estar ligado. Agora é hora de agir e checar os resultados.

Você pode estar sobrecarregado com todos os diferentes aspectos de seu negócio que você precisa planejar para o próximo ano. Agora é a hora de pensar em ter alguém para ajudá-lo na investigação, desenvolvimento de plano, e aspectos de implementação de sua estratégia de plano de comunicação. Concentre-se em outros aspectos do seu negócio e permita que um profissional de marketing de conteúdo possa ajudá-lo a planejar a sua estratégia de comunicação para 2015.

Via Business 2 Community

Como Planejar uma Estratégia de Mídia Social em 12 Etapas Simples

A menos que você seja uma celebridade ou uma grande marca, muito deve ser feito para que você tenha sucesso em mídia social. Não só você precisa ter pessoas envolvidas, um público fiel e algo de valioso para oferecer, você precisa ser capaz de manter uma forte presença social, compartilhando conteúdo relevante em uma base regular.

Não há descanso para o Facebook, Pinterest, e outros tantos canais de comunicação. Se você fizer o desenvolvimento de uma estratégia sólida, um plano estratégico abrangente que articula a ação que você vai tomar durante o curso de sua campanha. Ou seja, definir o que, onde, quando, como e por que você vai fazer em mídia social.

Não existe um plano único para todos.

Como Planejar uma Estratégia de Mídia Social

Então, para minimizar a chance de ficar aquém de suas expectativas, aqui está uma série de passos que você pode tomar para montar sua própria estratégia de mídia social, que você e seus colegas podem seguir com a máxima confiança.

1 – Equipe

Uma ampla gama de habilidades é necessária para ter sucesso na mídia social, seu orçamento deve indicar quantos e quais profissionais devem estar envolvidos nessas tarefas.

2 – Seus Objetivos

Você está usando a mídia social para liderança de pensamento? Branding? PR? SEO? Ou você pretende aumentar as vendas? Desenvolva uma lista de objetivos que você quer alcançar e um cronograma de acompanhamento. Certifique-se que cada membro de sua equipe está ciente desses objetivos.

3 – Seu Público

Se você não está se conectando com o seu eleitorado, você está desperdiçando seu tempo. Saiba o que chama a atenção de seus clientes e prospects e onde eles estão.

4 – Influenciadores

Uma coisa é ter uma grande quantidade de fãs, seguidores e amigos. E outra bem diferente é ter um público de qualidade, um seleto número de pessoas que têm o poder para ajudar a espalhar a palavra em seu nome para suas respectivas redes. Identifique aqueles que exercem a maior influência no seu espaço e estabeleça relações mutuamente benéficas com eles.

5 – Concorrência

Algo que muito poucas marcas tiram proveito é a oportunidade de acompanhar o que os outros estão fazendo nas redes sociais, especialmente aqueles em círculos semelhantes. Não hesite em examinar o comportamento das pessoas que estão tentando atrair os mesmos clientes. O que estão fazendo melhor do que você? O que você pode aprender com suas estratégias e táticas?

6 – Seu Conteúdo

Defina uma biblioteca de conteúdo continuamente atualizado para exibir não apenas o seu conhecimento, experiência e proposta de venda única, mas a sua personalidade também. Aproveite todos os recursos pertinentes. Mostre sua marca em palavras e imagens.

7 – Considere a Mídia Paga

Se você tiver sorte, pode acontecer, mas você não pode confiar que seu conteúdo será viral. Há muita concorrência para olhos, para não mencionar o fato de que os algoritmos de mídia social não estão trabalhando em seu favor. Às vezes, você tem que colocar seu dinheiro onde suas mensagens estão e considerar a mídia paga.

8 – Identifique Seus Canais

Não pense que você tem que estar em todos os canais para ser bem sucedido. Estabeleça uma presença sólida onde o seu conteúdo tem a melhor chance de ser visto.

9 – Escolha suas Ferramentas

Há ferramentas para tudo, desde a curadoria, publicação e edição, até monitoramento e medição. Existem ferramentas para ajudá-lo a atrair mais seguidores e ferramentas para ajudar você a criar gráficos atraentes. Decidir quais usar é uma tarefa permanente em si.

10 – Suas Táticas

O planejamento é uma coisa. Execução é outra. Aproveite as oportunidades de engajamento em tempo real e responda aos outros prontamente, ao mesmo tempo mantenha o lado humano da sua marca.

11 – Monitoramento

Se você espera ter sucesso nas mídias sociais, você não pode apenas configurá-la e esquecê-la. Você precisa mergulhar na cena o mais rápido possível. Preste muita atenção às reações do seu público. Eles estão comentando sobre o seu conteúdo? Do que eles gostam? Será que eles compartilham? Sempre agradeça.

12 – Avalie os Resultados

Quando tudo estiver dito e feito, o resultado final é o que conta. Você está percebendo seus objetivos? Você já percebe um aumento nas conexões, engajamentos, tráfego, leads e vendas? Se não, faça ajustes. Teste e aprenda também. Afine a sua estratégia até que os resultados não só atendem, mas superem as expectativas.

Via Click Z